Outros

Piano

O piano é um instrumento musical de cordas percussivas. O som é produzido por peças feitas em madeira e cobertas por um material macio e designados martelos ativados através de um teclado, que tocam nas cordas esticadas e presas numa estrutura rígida de madeira ou metal, fazendo com que as cordas vibrem e produzam o som.

O curso de piano destina-se a crianças e jovens interessados em aprender os princípios básicos do instrumento e repertório erudito para iniciantes. Este programa foi desenvolvido visando à iniciação ao piano até o nível onde o estudante possa executar o repertório pré-requerido, para o curso de formação continuada. Isso ocorre através do desenvolvimento das habilidades necessárias para o instrumento. Elementos musicais básicos como leitura, rítmica, agógica, fraseado e princípios básicos de técnica; aliados ao estimulo da criatividade e disciplina.

A metodologia proposta é apresentada no formato de uma hora semanal, individual, na qual será cumprido o conteúdo programático e trabalhado o repertório sugerido.

No curso o aluno passa por dois momentos de aprendizado: a introdução e o aprimoramento dos aspectos fundamentais da performance do instrumento, compreendendo suas concepções técnicas e estruturais através da interpretação de obras de diferentes gêneros, estilos e períodos; visando à formação do intérprete solista ou músico para os diversos conjuntos musicais.

A Casa de Vovó Dedé dispõe de diversos pianos, inclusive de cauda. As aulas acontecem em salas apropriadas com horários pré-determinados para os estudos e as práticas dos alunos.

Acordeon

O acordeon também conhecido popularmente no Brasil como sanfona, é um instrumento musical aerofone de origem alemã, composto por um fole, palhetas livres e duas caixas harmônicas de madeira.

O curso de acordeon destina-se a crianças e jovens interessados em aprender os princípios básicos do instrumento, e repertório erudito e popular para iniciantes. Este programa foi desenvolvido visando à iniciação ao acordeon até o nível onde o estudante possa executar o repertório pré-requerido para o curso de formação continuada. Isso ocorre pelo desenvolvimento das habilidades necessárias para o instrumento. Elementos musicais básicos como leitura, rítmica, agógica, fraseado, princípios básicos de técnica, aliados ao estimulo da criatividade e disciplina são a base destes módulos. A metodologia proposta é apresentada no formato de uma hora semanal, individual, onde será cumprido o conteúdo programático e trabalhado o repertório sugerido. No curso o aluno passa por dois momentos de aprendizado: a introdução e o aprimoramento dos aspectos fundamentais da performance do instrumento, compreendendo suas concepções técnicas e estruturais através da interpretação de obras de diferentes gêneros, estilos e períodos; visando à formação do intérprete solista ou músico para os diversos conjuntos musicais.

Musicalização

A Oficina de Musicalização Infantil tem por objetivo a inserção das crianças no universo musical promovendo a sua formação humana. Nela, alunos e mestres comprometem-se com a cidadania e o desenvolvimento das habilidades cognitivas, exercendo senso crítico e raciocínio-lógico através da arte. Assim se estimula a criança através de experiências sonoras com reprodução através do corpo, objetos e instrumentos. As aulas acontecem de forma dinâmica e interativa com músicas que estimulam a percepção sonora das propriedades do som (timbre, duração, intensidade e altura).

O uso de objetos e instrumentos na execução de peças é fundamental. A musicalização é uma das atividades que a Casa de Vovó Dedé realiza podendo ser compreendida como um processo de sensibilização das crianças para a música. Essa sensibilização acontece inicialmente com a atenção ao próprio corpo, que é uma ferramenta de expressão musical. Para fazer esse trabalho, a aula estimula as crianças através de jogos e danças ritmadas, fazendo uma combinação de música e movimento. Para conquistar a atenção dos alunos, as atividades têm um foco mais lúdico e uma temática diferente a cada aula. As crianças interagem com a música por meio de brincadeiras e construção de materiais melódicos e percussivos. A musicalização se mostra importante na preparação dessas crianças para tocar qualquer instrumento, e, para aquelas que já estudam a música, uma compreensão maior de melodias e ritmos.

Formação e Teoria Musical

O curso de Formação Musical tem por objetivo iniciar o aluno no conhecimento e compreensão da constituição da música, suas propriedades e características; além dos princípios básicos de notação musical, tonalidade e harmonia. Como também desenvolver a habilidade de percepção e solfejo rítmico e melódico.

As aulas são realizadas de forma dinâmica, interativa e expositiva. Com material didático contendo exercícios temáticos. São utilizados recursos como teclado e arquivos de áudio para as aulas perceptivas. O objetivo é que os alunos adquiram as habilidades cognitivas, sensoriais e perceptivas musicais.

O curso de Formação Musical exemplifica o objetivo maior da instituição: a promoção da formação humana e profissional através da Arte, comprometendo-se com a cidadania e com a justiça social. Através das experiências vivenciadas no curso, os alunos desenvolvem habilidades que vão além das estritamente musicais, aprimorando a capacidade cognitiva, o senso crítico e estético e o raciocínio lógico-matemático.

Aos alunos que manifestam o interesse em seguir profissionalmente na área da Música, o curso fornece uma formação musical de qualidade, contribuindo com o ingresso desses alunos nas instituições de ensino superior. O curso é divido em 4 módulos, onde os alunos aprendem desde as características da música (harmonia, melodia e ritmo) até as noções de harmonia (acordes, cifragem, progressão harmônica). Aulas são demonstrativas e dialogadas e tem como material de apoio roteiros de atividades relacionadas às temáticas específicas de cada aula, contendo um resumo do conteúdo e exercícios.

O processo de avaliação é realizado durante as aulas, de acordo com a participação dos alunos, e também em dias específicos dedicados às provas escritas e orais. As turmas são divididas de acordo com o módulo que o aluno se encontra.

Canto Coral

A Casa de Vovó Dedé também oferece aulas de canto para toda a comunidade, com um grande leque de atividades. Assim, cada criança, jovem ou adulto encontra sua área de afinidade maior. As aulas funcionam no formato de ensino coletivo, com vários alunos desenvolvendo habilidades performáticas vocais em conjunto. A Casa trabalha com ensino de técnica vocal aplicada a repertórios possíveis ao grau de desenvolvimento de cada aluno. A aula é dividida em dois momentos: o primeiro é destinado à técnica vocal, e o segundo ao desenvolvimento e aprendizado de músicas desempenhadas conjuntamente.

A parte de técnica vocal é dividida em relaxamento e alongamento corporal, exercícios respiratórios, exercícios de fonação, vocalização e aprendizado de repertório polifônico. Na parte que compete ao repertório são ensinadas músicas que contenham mais de uma melodia sobreposta (polifonia), exercitando a vertente coral do canto coletivo.

O curso de canto coral erudito e popular é dedicado ao estudo do repertório da música erudita e brasileira, enfocando trabalhos de compositores renomados.

Durante as aulas são trabalhados aspectos relacionados à consciência corporal voltada para a prática do canto, partindo do princípio de que o corpo é um instrumento. São exercitados o alongamento do corpo e a postura, a respiração, a percepção auditiva e a emissão vocal. Com foco na execução de um repertório divido em quatro níveis de dificuldade melódica, harmônica e literária (gramatical).

Bateria

A bateria, instrumento de percussão de larga importância em qualquer formação musical, tem espaço próprio de aprendizagem na Casa de Vovó Dedé. Os alunos contam com uma base de aprendizagem sólida feita em instrumentos da própria Casa. Professores de excelência dedicam-se ao ensino teórico e prático dos alunos. Que vai além do aspecto meramente musical, pois estende-se à função histórica da bateria como elemento percussivo desde seus fundamentos primitivos. A partir desses conhecimentos, os alunos passam a compreender a função do instrumento; tanto em composições de aspecto popular, até a sua aplicação na música erudita.