Grupos Musicais

Orquestra de Câmara Juvenil

Os primeiros passos para a constituição de uma orquestra, que nivele os alunos da Casa aos músicos das grandes orquestras do mundo são dados pela formação Orquestra de Câmera Juvenil da Casa de Vovó Dedé.

Os alunos dos cursos de violino, viola, violoncelo e demais instrumentos de cordas friccionadas participam de um minucioso teste de seleção, para adentrar ao processo de aprendizagem conduzido por professores e maestros com profundo conhecimento. No repertório constam peças de diversos compositores regionais, populares e eruditos. São ensinados também o manejo técnico dos instrumentos, as especificidades da postura e apresentação em público. Uma preparação que envolve emoção, técnica, postura, e os métodos da formação de plateia.

Quarteto de Cordas

Na música erudita, o Quarteto de Cordas é o grupo de câmara de maior destaque, do período Clássico ao Romântico – até mesmo em composições da era moderna. A Casa de Vovó Dedé tem um compromisso forte com esse tipo de formação musical.

Nossos alunos, pinçados entre os que mais se destacam nos violinos, violas e violoncelos, empenham-se em estudos profundos de peças criadas especialmente para essa formação de músicos. São ensaios cheios de minúcias para que o resultado sonoro seja o mais límpido. Todos os esforços são realizados, no sentido de que os grandes compositores recebam o tratamento adequado por parte dos componentes do Quarteto.

São apresentações emocionantes e inspiradoras. Muitos alunos das oficinas de cordas friccionadas sonham com o momento de participarem do Quarteto de Cordas da Casa de Vovó Dedé.

Camerata de Violões

A Casa de Vovó Dedé criou a Camerata de Violões para ampliar sua atuação no estudo desse instrumento. Sob orientação rigorosa dos mestres e as mais avançadas técnicas, a Camerata reúne os melhores alunos formados pela Casa, para executarem em conjunto obras das mais diversas tendências musicais.

O estudo e apuramento da técnica são ofertados aos alunos, para que cada vez mais possam obter uma formação conjunta de violões em nível profissional. De Villa-Lobos a Tárrega, de Pixinguinha a Segovia, de Chico Buarque a Tom Jobim. A Camerata se debruça sobre os mais criativos arranjos, com a expertise que arrebata plateias.

Trio Toada de Violões

Criado para dar passos mais diversificados nas suas relações com o violão, o Trio Toada, composto por jovens estudantes da Casa de Vovó Dedé, tem desenvolvido um trabalho dos mais profícuos na sua composição.

De sonoridade sempre encantadora, os jovens componentes integram-se de tal forma que há uma união quase mágica no som gerado por eles. O repertório é de surpreendente variedade, considerando peças complexas originadas das mais diversas tendências musicais que envolvam a sonoridade das cordas dedilhadas. Em suas apresentações, o Trio Toada emociona pela elevada qualidade técnica e emocionante capacidade de interpretação.

Grupo de Chorinho

Se a erudição é considerada com maior importância, a música vinda do popular também é tratada com o mesmo valor na Casa de Vovó Dedé. E é aí que entra o mais brasileiro de todos os sons: o Chorinho.

A partir da busca por alunos qualificados na execução dos seus instrumentos, o Grupo de Chorinho da Casa de Vovó Dedé revelou uma gama de alunos num perfeito entrosamento. Os jovens têm orientação completa, do repertório à postura. Nas apresentações arrancam aplausos merecidos do público. Fruto do tempo de ensaios e pesquisas, tendo como modelos e inspirações diversos mestres do Choro, como: Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Garoto, e outros grandes compositores.